Achados e perdidos: sobre o conceito de literatura menor.

Para um literatura menor

Por Débora Molina

Há cerca de um ano, iniciava uma pesquisa no âmbito da iniciação científica, cujo título era “Literatura contemporânea: uma literatura menor?” O objetivo desta pesquisa consistia em analisar o conceito de Literatura menor empregado por Gilles Deleuze e Félix Guattari sob a Literatura de Kafka, no contexto do início do século XX, para pensar seu rendimento em obras da literatura do início deste século XXI.

Um dos primeiros desafios ao qual me lancei foi dar conta do complexo arcabouço teórico desenvolvido por Deleuze e Guattari no livro Kafka: para uma literatura menor, a fim de compreender melhor o conceito e a maneira pela qual os filósofos o aplicavam à obra de Kafka. E lá foram, dias dedicados a leitura e fichamento, capítulo a capítulo. De fato, não foi uma leitura fácil, costumo dizer que ao ler Deleuze sinto como se segurasse algo escorregadio, quando parece que entendi, que segurei o conceito com firmeza, lá vem outro parágrafo impulsionando seu deslize de minhas mãos.

Diante da dificuldade, a ideia de elaborar um verbete soou como uma solução. Logo, se colocava o segundo desafio: escrever sobre um conceito no qual se apresentava deslizável, já que como o próprio conceito de rizoma sugere: todo ponto fixo aponta um deslocamento. E, adivinhem? Após alguns, muitos, dias de dedicação para a escrita, além das regulares sessões de orientação, finalmente, o verbete saiu.

Levando em conta a dificuldade em apreender determinados conceitos teóricos, que às vezes parecem gigantescos obstáculos na graduação, como no meu caso, uma ideia pareceu-me útil. No momento no qual escrevia o verbete senti falta de um material que auxiliasse minha leitura, achei alguns artigos publicados sobre os conceitos de desterritorialização, devir, rizoma, etc, mas nenhum com uma aplicabilidade mais direta à ideia de literatura menor. Pensando nisso, achei pertinente compartilhar o verbete para, quem sabe, ajudar os próximos aventureiros que pretendem lançar-se aos conceitos de Deleuze, ou aos curiosos que sempre ouvem falar de ‘literatura menor’, mas ainda não tiveram acesso ao pensamento dos filósofos.

O plano de compartilhar textos e materiais que auxiliem na pesquisa e façam com que haja uma troca de ideias entre os pesquisadores, existe desde a idealização deste blog. O verbete, que compartilho aqui com vocês, inaugurará, então, uma nova seção, que deixará disponível textos, artigos e ensaios dos pesquisadores vinculados a este grupo.

Então, aí está.

Verbete – Literatura menor

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s