Marília Costa

é graduanda em Letras Vernáculas e Língua Estrangeira (espanhol) na UFBA e bolsista de iniciação científica (CNPq). Sua pesquisa pretende realizar um levantamento da recepção crítica brasileira ao termo autoficção e uma análise da produção como contista de Ricardo Lísias para analisar a junção entre o biográfico e o ficcional em suas narrativas.